"Há quem diga que todas as noites são de sonhos...O que importa mesmo não são as noites em si, são os sonhos. Sonhos que sonhamos sempre...em todos os lugares, em todas as épocas do ano, em todas as cidades, dormindo ou acordado." (Shakespeare)

segunda-feira, 30 de julho de 2012

Uma, duas gaiolas, nenhum pássaro.

Sempre fui louca por gaiolas. Mas gaiolas com plantas, enfeitando um terraço, um jardim, uma varanda. Romântica, delicada, hoje ocupa vários tipos de ambiente e tenho visto coisas maravilhosas por aí. Já havia reciclado uma, que era de uma dessas lojas de 1,99 e tinha um falso passarinho que, às vezes, cantava. Me cansei dela, tirei o mecanismo, lixei, pintei de branco e preenchi com uma plantinha.
A outra foi a gaiola de um hamster que, depois de brincar muito nos deixou. Depois foi a moradia provisória de um periquito que apareceu fugido, aqui em casa, quase foi comido pelo cachorro, mas sobreviveu e tivemos que ficar com ele. É claro que necessitava de uma casa maior, com mais comodidade e a ganhou. Ficou essa gaiola que, na mesma hora me trouxe luzinhas de ideias à cabeça.
Meu arranjo com as gaiolas.

O tronco que sustenta as gaiolas.

Lacinhos de tecido rosa nas laterais.


E uma plantinha de hera para dar o toque final.
Pintei de rosa, usei retalhinhos de tecido rosa para amarrar e a pendurei em um galho que encontrei no jardim. E coloquei uma planta dentro. Acho que o resultado foi muito bom. Por enquanto está na minha sala. Se algum dia chego a ter uma varanda pode ser que vá para lá. Ou até que alguma outra ideia me passe pela cabeça (e olha que sempre são muitas...).

Um comentário:

katita sou assim disse...

oieee!!! td bem??? nossa td muito lindo por aqui adorei a maquina de costura e essas gaiolas!!! afff perdir o fôlego tão lindas!! parabéns o blog ta fofo muito fofo venha mi fazer uma visitinha tbm espero que goste do meu cantinho bjs ate mais....