"Há quem diga que todas as noites são de sonhos...O que importa mesmo não são as noites em si, são os sonhos. Sonhos que sonhamos sempre...em todos os lugares, em todas as épocas do ano, em todas as cidades, dormindo ou acordado." (Shakespeare)

domingo, 9 de junho de 2013

Formigas no meu cupcake, mais um trabalho de reciclagem.

Era uma vez uma mesinha/fruteira ou algo assim. Acho que já disse antes que não posso ver coisas jogadas nas calçadas e caçambas da vida sem que me pique o bichinho da reciclagem. Já estou eu lá imaginando que  objetos novos posso criar. Muitas vezes caminho um bocado, porque a verdade é que estou sempre a pé(acho que algum dia vou ter de conseguir um desses carrinhos para juntar coisas, hehehe). As pessoas que passam olham, chegam até a falar coisas (claro que falam, mas nunca ninguém se ofereceu para me ajudar a levar). Pensarão em que" aquela louca carrega e de onde tira tanta enegria"? Mas é que não sabem como é gostoso reciclar e transformar as coisas...ou ainda não foram picados pelo tal bichinho. Esse movelzinho foi encontrado em uma calçada, de um salão de cabeleireiro que estava de mudança. E eu...carrreguei. Claro que sempre olho para os lados, para ver se não tem dono. Mas quando carrego, nem olho prá trás. Aí está o PAP para quem quiser se aventurar e depois o trabalho de mosaico. Confesso que ainda sou amadora nessa arte de juntar caquinhos, mas é um trabalho delicioso. Aprendi de ver os trabalhos maravilhosos da amiga Veronica Kraemer do Alem da Rua Atelier .

Primeiro a lixada básica(a parte que menos gosto, mas muito necessária), para retirar todo o resto de tintas e vernizes.

Branco de base. Usei esmalte acetinado a base de água.

Usei 3 cores: salmão, azul-claro e rosa. Pensei em cores de doces.

Inspirada nas formiguinhas da talentosa Verônica (espero que ela não se importe de me emprestar algumas das suas formiguinhas), fiz elas subirem até o topo da mesinha.

Só assim mesmo para que eu goste de formigas. Essas até que me pareceram bem simpáticas.

Começando com o trabalho de mosaico. Desenhei um apetitoso cupcake. E revesti com pastilhas de vidro.

Cortar e colar, como em um divertido quebra-cabeça.

E já que o trabalho envolve reciclagem, para dar o fundo do meu desenho usei azulejos velhos, encontrados em algumas das minhas andanças, remexendo algum baldio.

Desenho terminado, falta o rejunte.

Usei rejunte bege.

Limpando o rejunte e voilá, vai aparecendo o desenho. Confesso que nessas horas a gente suspira aliviada.

Terminado e seco.

E as formiguinhas continuam subindo.

Mais um detalhe.

E aí, o que acharam? Acho que ficou simpática. Estou pensando em utilizar para guardar meus utensílios  de pintura.  Não sei se já contei que estou montando meu atelier, e essa vai ser mais uma peça pronta.
Obrigada , Verônica, pela inspiração.

3 comentários:

Janaina Beserra disse...

Olá!

Muito lindo!
Que criativo!!!
Adorei mesmo! tudo ficou combinando.As forminhas fizeram a diferença!
Parabéns!!!
Abraços
http://jana-arts.blogspot.com.br

Mari disse...

Ficou maravilhoso! Amei amei amei!

Fernanda disse...

Que lindo ficou!!Show essa sua habilidade com mosaico.Amei a reutilização! Bj